6 MIN LEITURA

Preços de motos continuam subindo em fevereiro

18 março 2022

COMPARTILHAR

Motos usadas encabeçam esse cenário de alta, com variação média de 1,48%

Parece até uma reprise dos meses anteriores, mas os preços das motocicletas continuam em alta, seguindo a tendência apontada no Monitor de Variação de Preços da KBB Brasil de janeiro/22. Ainda de acordo com o levantamento da única empresa especializada em pesquisa de preços de veículos novos e usados, as motos 0km tiveram novamente 1% de aumento, em média, em fevereiro, enquanto as seminovas subiram 1,13% e usadas 1,48%, também em média. O aumento médio mensal de 2021 ficou em 1,02% para 0km, 1,41% para seminovas e 2,32% para usadas.

Se colocarmos uma lupa nas versões 0km, notamos que, tanto os modelos 2022 quanto os modelos 2021, demonstraram uma alta no preço superior ao apontado no relatório anterior, fechando o mês com 0,97% para MY 2022 e 0,98% para 2021, contra 0,72% e 0,80% respectivamente. Nas Categorias, Ciclomotor (2,47%) e Touring (1,44%) foram as mais valorizadas.

Variação de preço de motos 0 km em fevereiro de 2022 
Ano modelo Janeiro (2022) Fevereiro (2022) Média mensal (2021) 
Média 1,08%0,99% 1,02% 
2022 0,72% 0,97% 0,86% 
2021 0,80% 0,98% 1,07% 

Entre os modelos seminovos, se considerarmos a média dessa faixa de ano, o aumento dos preços foi mais tímido do que o de janeiro/22 (1,13% contra 1,61%), a maior variação ficou por conta das motos 2019 (1,33%). As marcas que mais experimentaram aumento em fevereiro foram Avelloz (2,88%), Sousa Motos (2,88%) e Bull Motors (2,40%), 

Nesta faixa de idade, os modelos Haojue Lindy (4,19%) e Avelloz AZ1 (2,88%) foram as maiores variações.

Variação de preço de motos seminovas (até 3 anos de uso) em fevereiro de 2022 
Ano modelo Janeiro (2022) Fevereiro (2022) Média mensal (2021) 
Média 1,61%1,13% 1,41% 
20211,14% 0,97% 0,87% 
20201,15%1,07%1,21%
20191,81%1,09%1,43%
2018 2,21% 1,33% 1,73%% 

No caso das motos usadas, entre 4 e 10 anos de uso, o cenário ficou idêntico ao mês de anterior. (1,48% contra 1,47% em janeiro/22). Novamente as marcas Bull Motors (3,90%) e Avelloz (3,28%) foram as altas mais expressivas e os modelos Avelloz AZ1 (3,28%), Shineray XY50 (2,96%) e Yamaha Factor (2,42%), foram as maiores altas.

Variação de preço de motos usadas (entre 4 e 10 anos de uso) em fevereiro de 2022 
Ano modelo Janeiro (2022) Fevereiro (2022) Média mensal (2021) 
Média 1,47%1,48% 2,32% 
20182,42% 1,37% 2,19% 
20171,14%1,49%2,24%
20160,88%1,54%2,60%
20151,10%1,20%2,66%
20141,77%1,55%2,00%
20132,69%2,13%1,83%
20121,75% 2,20% 1,53%

O MVP de fevereiro da KBB Brasil analisou 6.261 versões disponíveis no mercado para fazer o levantamento.

A KBB Brasil utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação de veículos novos e usados. O processamento é realizado por um complexo algoritmo alimentado semanalmente por uma base com mais de 800 mil informações de preços de diferentes fontes do mercado. Além disso, todos os dados são avaliados diariamente por uma análise rígida de uma equipe de especialistas para garantir a validação dos preços publicados no site de acordo com a realidade brasileira. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos. Todos os preços da KBB Brasil são públicos e podem ser consultados gratuitamente no site kbb.com.br.

EnglishPortuguese